• Home
  • Uma nova geração de conhecimento

Uma nova geração de conhecimento

Educação é a base do desenvolvimento de qualquer nação. Mas educação básica nunca foi
prioridade no Brasil. O Brasil gasta 3 vezes mais com o ensino superior do que com a educação
básica. Nenhum país desenvolvido tem uma desigualdade tão grande entre os investimentos nos ensinos superior e básico.
Temos que inovar o modelo de gestão das nossas escolas, fazendo um grande pacto nacional
do governo federal com estados e municípios, escolas públicas e particulares, professores e
sociedade civil para revolucionarmos a gestão do ensino no Brasil. Precisamos de um
financiamento federal mais alinhado com metas e resultados, experimentar modelos de
escolas comunitárias, onde a gestão da escola é feita por organizações de ensino
especializadas. Também defendemos o ProUni para o ensino básico, para que estados e
municípios ofereçam bolsas aos alunos de rede pública e assim possam também estudar na
escola particular.
A Formação técnica deveria começar logo no Ensino Médio. A necessidade de trabalhar é uma
das principais razões para que jovens abandonem o ensino médio. A opção de disciplinas e
atividades profissionalizantes aumentariam as perspectivas profissionais
dos alunos que correm maior risco de desengajamento.
E, finalmente, não podemos nos esquecer da primeira infância. Queremos universalizar o
acesso à creches com um amplo leque de organizações conveniadas. O primeiros seis anos de
vida são a fase mais importante da educação de um ser humano e a creche é uma política
pública essencial para que as mães possam ter oportunidade profissional.