Fim dos privilégios

Todos os brasileiros devem ser iguais perante a lei. Mas abriu-se no Brasil um abismo entre governados e governantes, entre quem produz e quem é subsidiado, entre o alto funcionalismo público e a população que o financia. Temos um povo que trabalha para se sustentar e uma classe privilegiada, sustentada pelo nossos impostos.

Quem precisa de auxílio são os mais pobres, mas quem recebe são os mais privilegiados.
Precisamos de um setor público pautado não por mordomias, mas por competência e eficiência em servir ao cidadão. Esse estado de bem-estar surreal tem que acabar.

Ao invés disso, é auxílio pra quem menos precisa, privilégio para quem menos merece e impostos para quem mais trabalha. O NOVO quer o fim das mordomias e dos privilégios para políticos, para a elite do funcionalismo público e para grandes grupos empresariais.

Ninguém pode construir um novo futuro sozinho. O NOVO quer escutar brasileiros de todas as regiões para montar seu Programa de Governo, afinal, o projeto de construção de um novo país começa com cada um de nós. Se você se identifica com nossa visão de um NOVO Brasil, envie sua sugestão aqui.